quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

O que falta é amor

#NP Pink - Fucking Perfect #NP Shawn Mendes -  Mercy

Lendo esses dias o Casal Sem Vergonha, percebi que:
1. Não Existe muito amor em SP; as pessoas que não o enxergam.
2. Namorar de verdade, sem rolos, sem P.A, sem amizade colorida, sem que nenhum tenha algum problema passado, que simplesmente os dois queiram algo. Tá impossível.
3. Dar por dar é o que mais temos por ai.


E não disse que é errado dar por dar, até porque a carne é fraca e o corpo pede né? :/  Mas, eu acho que se não houver se quer um pouco de afinidade ou intimidade com o outro; não vai rolar.
Comigo não rolaria; eu tenho que pelo menos estar curtindo o cara. Mas se você quer transar com o cara no primeiro encontro, meu bem, o corpo é seu. Faça o que você quiser, até porque você é dona de você.

Como num post que eu li "É preciso coragem para ser um casal em tempos de pegação desenfreada" E realmente com tanto sexo fácil por ai, quem vai querer se "amarrar" em alguém? Precisa mesmo ter coragem, assumir e não ficar de frescura. E assumir compromisso não é só um anel no dedo, porque conheço muito homem que usa e nem por isso deixam de fazer o que querem.
Não estou dizendo que todos fazem, mas a maioria que eu conheço faz sim. Vamos combinar que com tanta "facilidade" que hoje em dia tem por ai fica difícil alguém resistir.

Com tantas transas fáceis, o que faz com o que um homem queira algo de verdade com você, se ele sabe que semana que vem ele pode ficar com outra?
O comprometimento, a vontade de estar com a pessoa não existe mais.
A vontade do novo, de contar para os amigos que ficou com essa e aquela é a que conta. Hoje muitos querem quantidade e não qualidade.
Não sentem a falta de alguém que se preocupa, quer saber como foi o seu dia. Não sentem mais as borboletas no estômago de saber que vai ver a pessoa a noite.
Que não vai brigar e depois se reconciliar.

Não digo que só os homens não querem algum tipo de comprometimento, tem muita mulher que está fugindo de compromisso. E tento entender porque vejo tanta gente se querendo; querendo ta junto, querendo alguém e ao mesmo tempo tanta gente sem ninguém.
Só não tenho tanta certeza se ainda existe amor em SP.

O amor de verdade, aquele que te deixa cego, que te da vontade de passar horas só conversando com a pessoa. De saber que sempre vai poder contar com ela, de acordar e a primeira pessoa a ver é a quem dispara o seu coração. Esse tipo de amor não está existindo. Ou não estamos procurando no lugar certo.

PS: Texto completo AQUI
PS¹: Ouçam as músicas
PS²: Picture








Nenhum comentário: