Postagem em destaque

#np Luan Santana & Sandy -  Mesmo Sem Estar Eu disse que te escreveria e por incrível que pareça, não estou sabendo como começar ou o...

segunda-feira, 25 de julho de 2011

My name.

Thais
Grego, luz que deve ser contemplada. Indica prosperidade, segurança e confiançanas próprias origens. De um ponto de vista universal, é característico de pessoas trabalhadoras, mas, ao mesmo tempo, pouco imaginativas.
Significado da Primeira Letra T no Nome Thais
Você tem tanto amor para dar, tanta compaixão, que é capaz de passar a vida fazendo o bem para os outros, esquecendo que é uma pessoa e que também precisa receber ajuda e amor.Tome cuidado: agindo assim, pode acabar na posição de mártir.
Até porque uma aura de santidade você já tem. É lógico que algumas vezes, não consegue perdoar ou esquecer um mal que lhe fizeram.
Mas isso é o mínimo que pode fazer para se defender.
Numerologia do Nome Thais
Veja o que os numeros dizem sobre o nome Thais.
Elemento Alma no Nome Thais
A Alma (ou Ambição) representa o “eu verdadeiro”, a “essência”, aquilo que impulsiona, o motivo pelo qual se está neste mundo, os seus objetivos e anseios.
O seu numero de Alma é 1
Realizar coisas, assim como de encorajar, aconselhar e orientar outras pessoas.
Elemento Aparência no Nome Thais
A Aparência (ou Personalidade) representa o modo de se relacionar com o mundo. Indica como os outros te enxergam. É o seu cartão de visita.
O seu numero de Aparência é 9
Impulsiva, otimista, generosa, intuitiva e criadora. Tem forte personalidade, independente e segura, boa para liderar.
Elemento Destino no Nome Thais
O Destino (ou Expressão) indica o caminho a seguir, a sua missão na vida, aquilo que você veio expressar.
O seu numero de Destino é 1
Atira-se pela vida afora atrás do que deseja e se concentra para fazer, sempre bem feitas, as coisas que empreende.

domingo, 10 de julho de 2011

“Qualquer homem pode amar um milhão de meninas, mas é preciso um verdadeiro homem para amar uma menina, em um milhão de maneiras.- Nick Jonas

domingo, 3 de julho de 2011

sábado, 2 de julho de 2011

A fábula do porco espinho


Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam
e se protegiam mutuamente, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos,
justamente os que ofereciam mais calor.
Por isso decidiram se afastar uns dos outros e começaram de novo a morrer congelados.
Então precisaram fazer uma escolha: ou desapareciam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros.
 Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos.
 Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro.
E assim sobreviveram.
Moral da História
O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro, e admirar suas qualidades.